Bibligrafia: Dan Brown



Ficheiro:Dan Brown bookjacket cropped.jpg

Primeiros anos

É o mais velho de três filhos. Sua mãe Constance (Connie) foi uma musicista profissional, tocando órgão na igreja. Seu pai, Richard G. Brown, ensinava matemáticapara o Ensino Médio na Phillips Exeter Academy, um colégio interno particular, e escreveu o didático best-seller matemático Advanced Mathematics: Precalculus with Discrete Mathematics and Data Analysis, que foi muito utilizado no país.
Professores do colégio foram requisitados a viver no campus por diversos anos, então Brown e seus irmãos literalmente foram criados na escola. Na maior parte, o ambiente social foi o cristão. Freqüentou a escola dominical, cantando no coral da igreja, e passou seus verões no acampamento da igreja. Seu próprio estudo foi em escolas públicas em Exeter até à 9ª série, até matricular-se em Phillips Exeter, assim como seus irmãos mais novos Valerie e Gregory quando chegaram suas vezes.


Faculdade

Após a graduação na Phillips Exeter em 1982, Brown entrou para o Amherst College, onde foi membro da Fraternidade Psi Upsilon. Durante seu primeiro ano em Amherst, foi à Europa para estudar História da Arte na Universidade de Sevilha, Espanha, onde começou a estudar seriamente os trabalhos de Leonardo Da Vinci, que mais tarde teriam importância crucial em um de seus romances. 


O Código Da Vinci

O Código Da Vinci, seu maior sucesso, vendeu mais de 80 milhões de exemplares em todo o mundo, tornando-se um dos livros mais vendidos de todos os tempos. O romance aborda temas polêmicos, como a humanidade de Cristo e seu suposto casamento com Maria Madalena. O Código Da Vinci consiste na segunda aventura vivida pelo simbolista Robert Langdon, principal personagem de Brown. Novamente abordando temas como prelados, seitas e fraternidades, Brown versará acerca de irmandades como o 'Priorado de Sião', osIluminatti, a Opus Dei e a Maçonaria.

]
Reconhecimento

Considerado pela Revista Time uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, Dan Brown teve seus livros publicados em mais de 50 idiomas.


Curiosidades


Um dos principais personagens de O Código Da Vinci, Leigh Teabing, é uma homenagem aos autores de O Santo Graal e a Linhagem Sagrada, Richard Leigh e Michael Baigent (Teabing é anagrama de Baigent).Os nomes de alguns personagens dos livros de Dan Brown são homenagens a pessoas que o autor de fato conhece. Robert Langdon ganhou este nome por causa de John Langdon, o artista que criou o ambigrama utilizado na capa americana de Anjos e Demônios. O nome do editor de Robert Langdon, Jonas Faukman, é uma brincadeira com Jason Kaufman, editor de Brown na editora americana Doubleda.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...