Brasileiro não gosta de ler?

Outro dia desses, conversando com Minha  amiga  Anne pelo MSN  surgiu  a pergunta: porque os brasileiros não gostam de ler ( afinal tenho um blog de literatura...)
É a primeira vez que falo nesse assunto... e acredite responder isto não é nada simples.  Primeiro, precisa ser esclarecida a questão do que é analfabetismo. Analfabeto não é apenas  quem não assina o nome, talvez embaixo de um documento, mas também quem assina um documento que conseguiu ler e não  entender.  A imensa maioria dos ditos meramente alfabetizados  está nessa lista, portanto são analfabetos – um dado melancólico para qualquer país civilizado. Nem sempre um povo leitor interessa a um governo, pois quem lê é informado, e vai votar com relativa lucidez. Ler e escrever faz parte de ser gente. Sempre fui de muito ler. E a escola não conseguiu estragar esse meu amor pelas histórias e pelas palavras. Digo isto porque as escolas possuem grande culpa no fato dos brasileiros não gostarem de ler. Principalmente porque continuam investindo em políticas educacionais falidas, decorebas e que formam todo ano milhões de alunos analfabetos funcionais para a vida.
Porque os brasileiros não gostam de ler? ora  eu consigo   enumerar  alguns fatores mais relevantes, mas outros ficam por conta da historia  de cada um.
1) Ambiente familiar: Pais não lêem, não estimulam os filhos. Ler torna-se exceção em um lar típico do Brasil; 
2) Situação econômica: comprar um livro é caro. Não custaria muito ao governo cortar os imposto dos livros. O retorno que  o Brasil ganharia em  desenvolvimento intelectual superaria o mísero ganho com esse imposto.;
3) Ambiente escolar: Erro grave no ensino da nossa língua, onde supervaloriza a gramática em detrimento da interpretação de textos. Acabam então as escolas formando "alunos  computadores": lêem mas não entendem.
4) Apoio governamental: O Brasil é um país dos contrastes. A maioria das  escolas são públicas que infelizmente carecem de qualidade e de recursos, seja na própria escola, seja nos alunos que a freqüentam. Educação  de qualidade em tempo integral resolveria muita coisa em vários aspectos sociais.
5) Concorrência injusta: A televisão que concilia o áudio com o vídeo, assim como o computador, são tecnologias que chegaram para criar na mente das crianças uma prisão tecnológica. Mas olhe o lado "bom" , agora temos os analfabetos per si, os analfabetos funcionais e agora os analfabetos tecnológicos... pague um e leve três.
Se as coisas não mudarem ... continuaremos a ter uma população de uma terra fértil porém seca e morta. 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...